GT de Planejamento da Mesa Nacional de Negociação do SUS debate encontro de 2018

debora_mmmcpus

Nesta quarta-feira, 05, aconteceu em Brasília a reunião do Grupo de Trabalho de Planejamento, Monitoramento e Comunicação da Mesa Nacional de Negociação do SUS. A Fenafar participa da mesa e é representada por sua diretora de Organização Sindical, Débora Melecchi.

Entre os vários temas discutidos na reunião, vale destacar a preparação para o 3º Encontro Nacional das Mesas de Negociação que está programada para acontecer em abril de 2018. Outro tema, que é constante nos debates, é como fortalecer as mesas municipais e estaduais de negociação.

Fortalecendo a Mesa

Débora Melecchi avalia que “há um consenso na mesa sobre a necessidade de se aprofundar as questões de comunicação, com o objetivo de fortalecer a mesa nacional e estimular as mesas nos estados e municípios. Foram indicadas uma série de ações para que o coletivo da gestão em trabalhadores se debrucem no próximo mês”.

A próxima reunião da Mesa Nacional está agendada para os dias 20 e 21 de julho. “A principal pauta desta reunião será a discussão sobre a negociação coletiva no setor público. Discutimos a importância e tiramos como encaminhamento que os integrantes da Mesa Nacional deverão acompanhar as reuniões das mesas de negociação nos estados, apoiando e ajudando a estruturar o processo de negociação em todo o país”.

3º Encontro

O GT de Monitoramente e Planejamento da Mesa Nacional de Negociação do SUS definiu que o 3º Encontro Nacional das Mesas de Negociação, que acontecerá no próximo ano, deverá aprofundar as relações com a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e com as Nações Unidas (ONU) para discutir os temas do trabalho decente e da Agenda 2030. “Esses são temas fundamentais e que ganham ainda maior importância diante do atual cenário político do Brasil, onde há em curso uma fragilização das relações trabalhistas e redução dos direitos dos trabalhadores”, avalia Débora. Ela explica que a ideia é organizar, durante o 3º Encontro, uma mesa de debate que traga as experiências de mesas de negociação do SUS no Brasil e também em outros países como na Espanha. “Foi criado um GT que vai se debruçar sobre a programação e a preparação do encontro, e que vai definir essas questões, explica.

Na próxima reunião, dos dias 20 e 21 de julho, a Mesa Nacional de Negociação do SUS deverá, também, discutir as práticas integrativas, a reformulação da portaria da atenção básica e discutir a proposta do programa SUS Legal que será apresentado pelo Ministério da Saúde.

Da redação
Publicado em 07/07/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *